Rafaella Rafa

Orquestra Popular do Nordeste homenageia o Mestre da Cultura Macaúba do Bandolim | 01 de março

Mestre da Cultura do Ceará e um dos mais antigos bandolinistas do Estado em plena atividade, Macaúba do Bandolim, recebe homenagem da Orquestra Popular do Nordeste, em show gratuito. O Concerto “Choro Botequim” acontece dia 1 de março, às 18h, no palco principal do Theatro José de Alencar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

Um autêntico botequim para uma homenagem a Macaúba do Bandolim, dono de uma técnica precisa, uma interpretação ímpar e um carisma inigualável. Consagrado Mestre da Cultura pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, Macaúba herdou o amor pelo bandolim de seu pai, Valter Pereira, com quem compôs o choro “De Pai para Filho” e de lá pra cá vem alegrando muita gente com mais de 60 anos junto da música.

A Orquestra Popular do Nordeste (ONP) apresentará composições de Macaúba e interpretará compositores cearenses, objeto da pesquisa. O grupo é formado por um quinteto de cordas, formação tipicamente erudita, contrastando com um grupo de música popular brasileira. Além da formação singular, a OPN tem como meta a pesquisa e divulgação da cultura nordestina e seus artistas. O projeto nasceu no curso música da Universidade Estadual do Ceará – UECE.

Serviço

Concerto “Choro Botequim”, Orquestra Popular do Nordeste homenageia Macaúba do Bandolim
Data: 1º de março
Horário: 18h
Local: Theatro José de Alencar (Rua 24 de maio, 600, centro, Fortaleza)
Informações: 85 31012596
Gratuito

Cufa promove oficinas de capacitação gratuitas em Samambaia

Central Única das Favelas abriu inscrições para atividades em áreas como produção musical, empreendedorismo, comunicação, gestão de projetos, moda e roteiro audiovisual.

Samambaia vai receber oficinas de capacitação gratuitas em março. A iniciativa é da Central Única das Favelas (Cufa), em parceria o com o Instituto Rosa dos Ventos de Cultura e Cidadania, que divulgou a abertura das inscrições para as atividades. 

As aulas começam em 2 de março e abrangem áreas como produção musical, empreendedorismo, comunicação, gestão de projetos, moda e roteiro audiovisual. Os horários e dias variam de acordo com cada oficina, mas todas serão ministradas no Complexo Cultural de Samambaia, localizado na Quadra 301.
 
O projeto é parte da quarta edição do concurso de beleza TopCufa-DF.  “Nesta edição, inauguramos o CUFA Empreenda, oferecendo diversas ações formativas. Com isso, nós pretendemos colaborar com as possibilidades de crescimento cultural e profissional das comunidades situadas fora do Plano Piloto, com foco no público jovem, que tem um enorme potencial empreendedor”, declarou o presidente da Cufa-DF, Bruno Kesseler.
Os interessados devem realizar a inscrição gratuitamente através do site topcufabsb.com.br. Como facilitadores, as oficinas terão nomes como o do cineasta Anderson Quack, a jornalista Stéffanie Oliveira e a coordenadora de Políticas de Promoção e Proteção da Igualdade Racial, da Secretaria de Justiça do GDF, Marjore Nogueira.

FIEC I recebe palestras gratuitas sobre Língua Brasileira de Sinais | 07 de março

No Brasil existem atualmente cerca de 10 milhões de surdos. Em Indaiatuba, segundo o último censo demográfico realizado pelo IBGE (instituto Brasileiro de Geografia Estatística) em 2010, foram contabilizados cerca de 3000 surdos e deficientes auditivos.

Com o apoio da Prefeitura de Indaiatuba, o Auditório da FIEC I, na Marginal do Parque Ecológico, recebe no dia 07 de março o evento “Libras, que língua é essa?”. Promovido pelo Instituto Libras Livre em parceria com a Associação Humanitária Casa Esperança, o evento gratuito ocorrerá das 14h às 17h.

Serão duas sessões de palestras ministradas pelos professores surdos Elivelton Silva e Daniel Gomes, que abordarão os seguintes temas: “A empatia é o princípio da acessibilidade” e “Libras não é só bonita, mas necessária”. As duas palestras serão em Libras (Língua Brasileira de Sinais), mas haverá um tradutor intérprete fazendo a modalidade oral. Para participar basta fazer a inscrição no link: https://forms.gle/J23Uu9Hfe56LhHoC6. As vagas são limitadas.

De acordo com os organizadores do evento, o objetivo é ampliar o debate e levar ainda mais conhecimento sobre a Língua de Sinais a fim de gerar acessibilidade, inclusão da pessoa surda, visibilidade da comunidade surda na cidade de Indaiatuba, interação com o surdo e ainda estimular o interesse no aprendizado da Libras.

No Brasil existem atualmente cerca de 10 milhões de surdos. Em Indaiatuba, segundo o último censo demográfico realizado pelo IBGE (instituto Brasileiro de Geografia Estatística) em 2010, foram contabilizados cerca de 3000 surdos e deficientes auditivos.

SERVIÇO

“Libras, que língua é essa?”

Data: 07 de março de 2020

Horário: Das 14h às 17h

Local: Auditório da FIEC I – Av. Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 3405 – Jardim Regina

Inscrições no link https://forms.gle/J23Uu9Hfe56LhHoC6

Mais informações pelo telefone (19) 98841-5033

Com informações da prefeitura de Indaiatuba

Expo Irani terá shows nacionais e atrações gratuitas para a população | 06 a 08 de março

Está quase tudo pronto para mais uma edição da Expo Irani, feira de indústria e Comércio, que ocorre entre os dias 6 e 8 de março, na semana que vem. A abertura está agendada para as 19 horas da sexta-feira. Às 20 horas haverá apresentação de Artistas da Terra. Já às 22h30 tem show nacional com a Banda Nenhum de Nós com entrada gratuita. 

No segundo dia de feira, sábado, a abertura será às 10 horas. Às 20h tem show de Artistas da Terra e, às 23h, com Mato Grosso e Mathias e Humberto e Ronaldo. No domingo, o evento começa às 10 horas, com shows gospel e infantil à tarde, e, às 18h, show com a Banda Cosmo Express. Todas estas atrações do último dia são gratuitas.

O vice-prefeito de Irani, Marcelo Pegoraro, diz que as equipes realizam os últimos ajustes para o evento. “Estamos nos términos dos preparativos. A gente está com a montagem dos standes. Com certeza, será uma das maiores dos últimos tempos, com shows nacionais. Enfatizando que na sexta não tem cobrança de ingresso, convidamos toda a região”, reitera ele.

Na programação, um dos destaques será a Mostra de animais, destaca Pegoraro. “Temos a questão de indústria e comércio. Estamos com pouco standes à disposição. Acredito que, no máximo, de oito a dez standes. Aumentando em torno de 40 standes. E temos amostra de animais, como caprinos, inclusive com venda para mercados de fora de SC. E um seminário exclusivo para caprinocultores e mostra de bezerras”.

A Expo Irani é uma forma de mostrar as potencialidades do município para a região. “É o berço do contestado. O município de Irani tem destaque. A gente recebe semanalmente muitos turistas. Então, é uma particularidade a mais a Expo dentro do calendário de Irani, como o Fimusi, em setembro. Então, este ano a gente fez um pouco antes da Expo, normalmente era em outubro. A gente sabe que esse ano é ano eleitoral, então a gente também tem algumas limitações”.

Os organizadores esperam superar a edição de 2018, que contou com mais de 100 expositores e ultrapassou R$ 2,5 milhões em negócios. A feira de 2020 contará com cerca de 130 espaços, internos e externos, para exposição e comercialização.

Teatro PetroRio das Artes abre inscrições gratuitas de interpretação para crianças e jovens | até 20 de março

Depois do grande sucesso do último ano, em que dezenas de crianças se reuniram semanalmente para ter os primeiros contatos com o universo cênico, o Teatro PetroRio das Artes, na Gávea, anuncia uma nova edição da sua oficina gratuita de interpretação, aberta ao público.

Em 2019, os alunos que chegaram ao final do curso produziram duas montagens autorais, criadas coletivamente: “O Mundo das Diferenças” e “Tribos”. Para 2020, crianças e adolescentes de 10 a 16 anos que tenham interesse em artes cênicas, poderão se inscrever, a partir de 17 de fevereiro, a uma das 40 vagas disponíveis, com prioridade aos candidatos de baixa renda.

As aulas ministradas pelos professores Zé Helou, Viviana Rocha e Tita Nunes terão início dia 04 de abril, no palco da casa, sempre aos sábados, em dois horários: 10h às 11h30 e 11h30 às 13h. Com oito meses de duração, as aulas novamente se encerrarão com uma montagem infanto-juvenil encenada no Tetro PetroRio das Artes.

Para se candidatar às vagas da oficina, os responsáveis deverão enviar e-mail para teatropetroriodasartes@petroriosa.com.br até 20 de março, com nome completo do menor, data de nascimento, endereço e telefone de contato. Os selecionados serão anunciados pelas redes sociais do teatro (@teatropetroriodasartes e Facebook.com/TeatroPetroRiodasArtes), e através do contato direto da coordenação das oficinas.

Serviço:
Oficinas gratuitas de Interpretação do Teatro PetroRio das Artes
Crianças e adolescentes de 08 a 16 anos
A partir de 04 de abril de 2020
Sábados, das 10h às 11h30 e 11h30 às 13h
Inscrições até 20 de março através do e-mail: teatropetroriodasartes@petroriosa.com.br
Local – Shopping da Gávea: R. Marquês de São Vicente, 52 / 2º piso – Gávea

Rachel Maciel Handley realiza palestra no Teatro Elias Angeloni | 29 de fevereiro

O Teatro Elias Angeloni, em Criciúma, recebe neste sábado, dia 29, às 19h30, a palestrante Rachel Maciel Handley. O evento é gratuito e aberto ao público em geral e a organização solicita um quilo de alimento não perecível para doações. O objetivo da palestra é tratar sobre hábitos alimentares.  

Rachel é psicoterapeuta, conferencista internacional e especialista em obesidade e dependência química. Ela tratará no evento sobre como assumir o controle da mente, entender entre fome física e emocional e aprender a desenvolver uma relação saudável com a comida. 

Christiane Tricerri reestreia solo sobre Frida Kahlo | 02 e 03 de março

Após cumprir concorrida temporada de estreia no Auditório do Sesc Pinheiros, o solo Frida Kahlo Viva la Vida, do dramaturgo mexicano Humberto Robles, saiu em turnê pelos bairros da capital paulista e fez parte da programação da Semana da Arte Contra a Barbárie, movimento de protesto contra os casos de censura promovidos por órgãos do governo federal.

Agora, o espetáculo, estrelado por Christiane Tricerri (indicada ao Prêmio Aplauso Brasil na categoria Melhor Atriz pelo trabalho) sob a direção de Cacá Rosset, reestreia para duas sessões gratuitas no Itaú Cultural, a Avenida Paulista.

Na obra, a pintora mexicana se encontra já debilitada realizando um inventário de sua vida, enquanto celebra o Dia de Los Muertos. O espetáculo, uma produção de Alexandre Brazil em parceria com o Teatro do Ornitorrinco, fica em cartaz nos dias 04 e 05 de março, quarta e quinta-feira, às 20h.

Os ingresso são gratuitos, e para retirá-los, o público deve se dirigir ao Itaú Cultural com até uma hora de antecedência ou reservar através do site oficial da instituição.

Carreira
Christiane Tricerri é uma atriz e diretora brasileira, formada pela Universidade de São Paulo (USP). Aos 16 anos estreou em Equus de Peter Shaffer no Teatro Ruth Escobar, ainda em caráter escolar. Mas desde esse momento nunca mais deixou de se dedicar ao teatro.

Maloca Arte e Cultura oferece diversas atividades culturais gratuitas na Vila União | Todos os dias

Diversos cursos serão oferecidos no primeiro semestre de 2020 na Maloca Arte e Cultura, um espaço comunitário e de resistência localizado na Vila União, em Campinas.

“Venha aprender, se informar, se organizar. E além disso, fortalecer um espaço comunitário e de resistência da periferia de Campinas! Este é o sexto ano de Maloca Arte e Cultura! Que seja um 2020 em que nós consigamos nos preparar contra todas as formas de opressão que venham nos acometer!”, dizem os responsáveis pelo espaço.

Segue abaixo a descrição de cada curso e atividade e o link para inscrição:
https://docs.google.com/…/1FAIpQLSfkx0z1LurAA48Ax…/viewform…

As inscrições também podem ser feitas pelo telefone (19) 3308-2722.

Biblioteca da Maloca (aberta em todos os dias e horários em que a Maloca estiver em funcionamento). A biblioteca possui mais de 2000 livros à disposição para quem quiser. São livros de todos os assuntos, incluindo filosofia, sociologia, literatura, livros infantis e didáticos. A biblioteca da Maloca é uma construção em conjunto da comunidade. “Não temos uma pessoa especializada para sua manutenção. Portanto, se você se interessar em ajudar na sua manutenção é só vir. Mas se você quiser apenas emprestar livros fique à vontade. O importante é que você leia livros”, dizem.

Grupo de estudo de Libras (quartas, semanal, às 16h)

Curso – Produção Musical na Prática ministrado por WM Beats (dia e horário a combinar) – Inscrições através do link: https://maiasfamily.com/inpmp

Batucada (aos sábados, das 10h às 12h, quinzenalmente)

“Saúde e ciência na periferia”: rodas de conversas sobre temas ligados à saúde da população, seus direitos e à ciência popular. Serão realizados encontros mensais aos sábados com enfermeiros, médicos, estudantes e diferentes profissionais da área da saúde.

“Plantas medicinais: cuidados, funções e benefícios”: rodas de conversa sobre o cultivo de plantas medicinais, sobre suas funções e seus benefícios para a saúde. Serão realizados encontros mensais aos sábados com biólogos, enfermeiros e outros profissionais.

Atendimento Psicanalítico (é necessário agendar o atendimento): fruto da parceria entre a Maloca Arte e Cultura e a Clínica Social Pulso.

Curso Livre de Psicanálise (todo último sábado do mês das 14h às 17h): curso promovido pela Pulso: clínica social de psicanálise.

Espaço para Estudo (aberta em todos os dias e horários que a Maloca estiver em funcionamento). Há muitas salas e um amplo espaço verde onde o público pode estudar sozinho ou em conjunto.

Capoeira (Terças às 19h30 – semanal): ministrada pela treinel Mariana da Escola de Capoeira Angola Resistência.

Plantão de História (combinar dia e horário): pra quem vai prestar vestibular ou ENEM, os plantões são um momento pra tirar dúvidas e fazer exercícios em conjunto.

Plantão de História (segundas em horário noturno a combinar, semanal): pra quem vai prestar vestibular ou ENEM, os plantões são um momento pra tirar dúvidas e fazer exercícios em conjunto.

Plantão de Geografia (terças às 14h, quinzenal): pra quem vai prestar vestibular ou ENEM, os plantões são um momento pra tirar dúvidas e fazer exercícios em conjunto.

Grupo de Estudos sobre Educação Popular (combinar dia e horáriol): discussão coletiva sobre experiências e teorias relacionadas à educação popular de modo transformador.

CineClube Infantil (sábados às 16h – mensal): atividade organizada pelo Pietro, que tem 9 anos. O público está convidado a assistir filmes, conversar e desenhar.

Horta da Maloca (sábados das 9h às 12h). “Temos uma grande área verde na Maloca. Onde realizamos trabalhos de horta, jardinagem e plantamos árvores. Em nossa horta temos alimentos tradicionais, PANCs (plantas alimentícias não-convencionais) e ervas medicinais. Venha nos ajudar nessa atividade prazerosa que é cuidar da terra”.

Lian Gong (das 08h às 09h – semanal nas terças): prática oriental, integrando a tradição milenar das artes corporais chinesas aos conhecimentos da medicina ocidental, técnica que ajuda a prevenir dores no corpo e restaurar a sua movimentação natural.

Artesanato (às 09h – semanal): iniciaremos o curso com ponto cruz . É necessário trazer o material. A lista será entregue no primeiro dia de aula.

Alemão Básico (combinar dia e horário – semanal): aula de alemão para iniciantes.

Música e Prática de conjunto (quartas às 17h – semanal): Para todas as idades.

Música e Prática de conjunto (quartas às 19h – semanal): Para todas as idades.

Grupo de Estudos sobre o Marxismo (sempre na quarta terça-feira do mês às 19h30): leitura e discussão de textos do marxismo.

Dança Contemporânea (quartas às 19h – semanal)

Cursinho Popular da Maloca (sábados das 08h às17h30): cursinho preparatório para o Enem e vestibulares com todas as matérias. Inscrever-se pelo link a seguir:
https://docs.google.com/…/1FAIpQLScncNteV4gK2MeUcJ…/viewform

Informática (sábados às 13h30 – semanal): aulas de informática para iniciantes.

Clube do Xadrez (sábados às 16h): a ideia é juntos aprendermos e/ou aperfeiçoar as habilidades no jogo de xadrez. Para todas as idades.

Quadrinhos nacional empodera manas (sábados às 14h – mensal): “Vamos ler quadrinhos com personagens femininas e/ou LGBTs muito incríveis para empoderar essa gente na vida real. Ah! E viva o quadrinho nacional!”

Clube do Livro (sempre no segundo sábado do mês às 15h): leitura e debate sobre livros que o grupo escolher.

Cine Maloca (todo terceiro sábado do mês às 17h): no CineMaloca exibiremos filmes com conteúdo crítico e depois faremos uma roda de conversa. O público pode propor filmes e também ajudar a realizar o Cine Maloca.

Grupo de Estudos Anarquista (sempre na segunda terça do mês às 19h30): estudos coletivos sobre o pensamento libertário ao longo da história, como anarquismo, zapatismo, socialismo libertário, dentre outros.

Grupo de estudos sobre Permacultura (sempre no quarto domingo do mês às 10h): A permacultura é um sistema de princípios agrícola e social de design centrado em simular ou utilizar diretamente os padrões e características observados em ecossistemas naturais.

Curso de Paisagismo (sábados das 09h às 17h – quinzenal): Curso anual para aprender os seguintes tópicos com aulas práticas na área verde da Maloca: 1 Solo 2 Constituição de uma planta 3 fisiologia vegetal e o ambiente 4 Gramados 5 Forrações 6 arbustos 7 Trepadeira 8 árvores 9 Palmeiras 10 Plantas de interiores 11 pragas e doenças 12 Horta Orgânica.

Laboratório de Fotografia Analógica “Peliculosa” (dia e horário a combinar): em 2020 a Maloca contará com os equipamentos e espaço adaptado para um laboratório de fotografia analógica. “Formamos um coletivo para aprendermos juntos e oferecermos oficinas artísticas e educacionais. Venha fazer parte!”

Aulas de Teatro (segundas às 17h30 – semanal): para crianças entre 6 e 13 anos.

Aulas de Teatro (segundas às 19h – semanal): para pessoas com idade de 14 anos ou mais.

Aulas de Teatro do Oprimido (apenas para mulheres – terças das 14h às 17h – semanal): aulas de teatro baseadas na metodologia de Augusto Boal.

Reforço escolar para estudantes do sexto ano (dia e horário a combinar):aulas de reforço pra quem tem dificuldades ou quer aprender mais.

Roda de conversa com LGBT+ (toda terceira terça-feira do mês às 19h30): bate-papo sobre as dificuldades e coisas boas de ser LGBT+ procurando estreitar laços entre os nossos.

CURSO DE FORMAÇÃO PROMOTORAS LEGAIS POPULARES CIDA DA TERRA DE CAMPINAS E REGIÃO – 2020: inscrever-se pelo link a seguir:
https://docs.google.com/…/1FAIpQLScZxEdlCEG2eMJsxx…/viewform

Outras atividades da Maloca Arte e Cultura:

CAFÉ COM CAROLINA: rodas de conversa sobre temas variados como política, sociedade, meio ambiente, música, literatura. Sempre aos sábados às 15h e acompanhado de um bom cafezinho.

SARAUS: frequentemente a Maloca promove saraus com muita música, poesia, diversão e reflexão. Acompanhe a página do espaço para saber a programação.

MALOCA EM MOVIMENTO: atividades que a Maloca produz fora do espaço da Maloca como escolas, praças e festivais.

ALMOÇOS VEGANOS: quase todo mês fazemos um almoço vegano em nosso espaço com os seguintes intuitos: arrecadação de dinheiro para manutenção do espaço e disseminação do veganismo baseados em alguns princípios como segurança alimentar, preservação da natureza, combate à exploração dos animais, alimentação saudável.

Entre outras atividades como festivais, apresentações de teatro, de música, cursos e oficinas esporádicas.

 

Maloca Arte e Cultura Tel: 33082722
Rua Maria Pink Luís, 100 – Vila União, Campinas
FB: https://www.facebook.com/pg/MalocaArteCultura
Site: https://artemalocacultura.wordpress.com/

Inscrições abertas para aulas gratuitas de música e dança em Morro Reuter

Morro Reuter – As aulas de violino, violão, teoria musical e danças folclóricas gaúchas terão sequência em 2020, em Morro Reuter. A prefeita Carla Chamorro assinou, recentemente, os contratos que garantem as aulas com os professores Leonardo Bender, Sílvio Sandro de Souza e Júnior Maciel Prates, para alunos das escolas da rede municipal de ensino, comunidade e também com a Camerata de Morro Reuter, totalizando R$ 50.200,00 anual de investimento em capacitação musical.

“Este investimento em educação musical dá a oportunidade para que nossas crianças e jovens possam identificar e desenvolver suas habilidades na área da música, como possibilidade de ampliar e qualificar seus conhecimentos”, aposta a prefeita Carla Chamorro. O professor Leonardo Bender foi contratado para o ensino de teoria musical, prática individual e em conjunto, de flauta doce e violão, assistência aos ensaios e apresentações da Camerata. Sílvio Sandro de Souza prestará serviços de instrutor/condutor e professor da Camerata, bem como ministrará aulas de violino para alunos iniciantes e intermediários. Já Júnior Maciel Prates será o instrutor de Danças folclóricas Gaúchas nas escolas e no CTG Garrão da Serra. Os pagamentos dos três professores serão divididos em 10 parcelas e os contratos tem vigência até dezembro.

Os interessados em participar das aulas gratuitas de dança, devem entrar em contato com o CTG Garrão da Serra e, das aulas de música, com a Secretaria de Educação e Cultura (Smec), na Prefeitura.

Auto da Paixão e Alegria acontece neste sábado em São Carlos | 29 de fevereiro

Apresentação integra programação de projeto “Locomotiva Teatral”, que pretende democratizar o acesso à cultura na cidade.

A Cia Espelunca de Teatro apresenta a peça o “Auto da Paixão e da Alegria” neste sábado (29), às 20h, na TEIA-Casa de Criação em São Carlos. A entrada é gratuita.

A companhia foi convidada pelo projeto Locomotiva Teatral, uma iniciativa do Retalho Coletivo, em parceria com a TEIA e a Prefeitura de São Carlos, que pretende democratizar o acesso à cultura na cidade, e acontece ao longo do ano com apresentações e oficinas gratuitas.

Na comédia popular “O Auto da Paixão e da Alegria”, texto de Luiz Alberto de Abreu, cinco saltimbancos narram a história da passagem de Cristo na Terra. Acompanhado de música ao vivo, o espetáculo revela uma Jerusalém brasileira na qual o sagrado e o profano são celebrados juntos para investigar na fé, no sincretismo e no riso um caminho para a reinvenção do mundo.

Auto da Paixão e da Alegria  

Data: Sábado (29/02), às 20h
Local: Teia- R. Rui Barbosa, 1950 – Vila Monteiro (Gleba I), São Carlos
Entrada Gratuita (retirada de ingressos com 1h de antecedência).

Mais informações podem ser obtidas pela página do Retalho Coletivo no Facebook (www.facebook.com/retalhocoletivo/).